quinta-feira, 30, maio, 2024
27 C
Cuiabá

VG abre 59 vagas para ingresso imediato para contratação de agentes comunitários de saúde

Mais lidos

Por: Marianna Peres

Várzea Grande quer se aproximar ainda mais da população nos atendimentos de Saúde Pública e em parceria com o Governo Federal está se preparando para colocar a Atenção Primária com 100% de cobertura para toda a população de 300.078 habitantes, segundo o Censo Demográfico do IBGE 2022.

Um dos primeiros passos adotados para a cobertura total na Atenção Primária é a realização de Processo Seletivo para Agentes Comunitários de Saúde (ACS) que são aqueles profissionais da Saúde que visitam as pessoas, acompanham seus quadros de tratamento, de exames e seu dia a dia, impedindo assim quadro graves e possibilitando tratamento nas unidades iniciais do SUS – Sistema Único de Saúde que é gratuito.

Para atender a demanda a Prefeitura de Várzea Grande, seguindo determinação do prefeito Kalil Baracat e do secretário de Saúde, Gonçalo Barros, mandou publicou nesta segunda-feira, dia 13, o Edital de número 001/2023, que anuncia a realização de processo seletivo para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva na área da saúde, para o cargo de Agente Comunitário de Saúde (ACS).

Serão 59 vagas para contratação imediata e ainda para formação de cadastro de reversa.

As inscrições podem ser feitas a partir desta terça-feira, dia 14, e vão até o dia 14 de dezembro. As provas objetivas de língua portuguesa, legislação específica do Sistema Único de Saúde (SUS) e administração pública serão aplicadas no dia 14 de janeiro de 2024. Todas as informações acerca do processo seletivo estão neste edital, publicado hoje (13), na página 699 do Jornal Eletrônico dos Municípios de Mato Grosso.

Para habilitação ao cargo é necessário ter o Ensino Médio Completo, ter mais de 18 anos e comprovar as exigências do edital. O salário é de R$ 2.640,00 para 40 horas semanais.

“Nós trabalhamos nestes últimos anos para dotar a Secretaria de Saúde de Várzea Grande de estrutura física e equipamentos necessários para praticar uma boa saúde, um bom atendimento, em que pese, os investimentos não pararem e ainda termos mais unidades a serem inauguradas ou melhoradas e ampliadas. Agora o mais importante, o que torna a Saúde humanizada, são os profissionais da área médica, por isto, estamos ampliando nossos serviços através dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS)”, disse Kalil Baracat.

O processo seletivo para ACS será todo realizado e executado pelo Instituto Nacional de Seleções e Concursos (Instituto Selecon), instituição com atuação em âmbito nacional, especializada em concursos públicos e processos seletivos, contratado pela prefeitura. Caberá ao Selecon prestar informações e esclarecimentos ao candidato através dos seguintes meios: Endereço Eletrônico Selecon: www.selecon.org.br , na área do Processo Seletivo. No mesmo endereço, deverão ser feitas as inscrições que custam R$ 80. O edital cita ainda as condições para obtenção da isenção da taxa. Outras informações podem ser obtidas via: Serviço de Atendimento ao Candidato (SAC): (65) 99297-9502 e (65) 99269-2400 – (21) 2323-3180, somente em dias úteis, das 9h às 17h. E-mail do organizador do seletivo para contato de candidato: [email protected] .

O prefeito Kalil Baracat lembra que as vagas que estão sendo disponibilizadas fazem parte de um convênio assinado junto ao Ministério da Saúde, em setembro, que prevê a ampliação, atingindo 100% de cobertura na Atenção Primária da Saúde na cidade. “Não deixa de ser uma oportunidade para quem está em busca de uma colocação. São 59 vagas nesse momento, pois são recursos oriundo do Ministério para aplicação destinada ao pagamento dos ACS. Com mais esse passo importantes dentro da saúde de Várzea Grande, vamos fazendo a lição de casa que é a de focar no atendimento preventivo, graças à atuação porta a porta dos Agentes Comunitários de Saúde, que são o primeiro elo entre a comunidade e a Atenção Primária de Saúde”.

Ainda conforme o prefeito, são os ACS que dão todo o suporte à Atenção Primária à Saúde, que é a porta de entrada dos usuários no Sistema Único de Saúde (SUS): o atendimento inicial. “O objetivo da primária é orientar sobre a prevenção de doenças, solucionar possíveis casos e direcionar os mais graves para níveis de atendimento superiores em complexidade resultando em melhores condições de tratamento das pessoas”.

O prefeito lembrou que a Atenção Primária à Saúde (APS) através do Estratégia da Família (ESF) é o acompanhamento de toda a vida do paciente, desde o nascimento, passando pela infância, juventude, fase adulta até a terceira idade.

“Quando se tem um histórico de vida dos pacientes fica mais fácil o trabalho de acompanhamento e prevenção, evitando assim os casos mais graves. As Unidades Básicas de Saúde ficam para atendimento e resolutividade de mais de 90% dos casos, ficando as unidades de urgência e emergência para os casos mais complexos e graves”, explicou Kalil Baracat.

O secretário municipal de Saúde, Gonçalo de Barros, explica que está em vigência um novo formato de Gestão da Atenção Primária à Saúde, coordenado pelo Ministério, que visa garantir melhor acesso, cuidado, maior número de profissionais (médicos, enfermeiros, agentes comunitários de saúde), e melhor utilização dos Recursos Públicos e de parceiros privados que atendem o SUS. “Atualmente, em Várzea Grande, uma equipe da Estratégia Saúde da Família atende uma população em média de 3.950 pessoas por equipe. Com a implantação deste novo formato de gestão e a ampliação do número de equipes, o número será reduzido para 2.158 pessoas permitindo com isto maior qualidade no atendimento ao usuário do SUS”.

Várzea Grande possui 68 Equipes de Saúde da Família (ESF) e com a ampliação implantará mais 71, atingindo 139 equipes. Com isso, será possível garantir a cobertura da APS para 100% da população, atendendo 2.158 pessoas por equipe.

 

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br