quarta-feira, 12, junho, 2024
22 C
Cuiabá

Deputado Valdir Barranco comemora o Dia do Orgulho LGBTQIAPN+

Mais lidos

Por: Henrique Lima

O deputado Valdir Barranco do Partido dos Trabalhadores (PT), publicou em suas redes sociais fotos e textos comemorando o Dia do Orgulho LGBTQIAPN+, que é celebrado em todo o mundo no dia de hoje (28).

Durante todo o mês, eventos e paradas celebram as vitórias históricas e reforçam a luta para garantir os direitos da comunidade.

Mas você sabe como e quando surgiu a data?

O período faz referência a um movimento que aconteceu nos anos 1960 em Nova York, e ficou conhecido como a “revolta de Stonewall”.

Em 1969, o Stonewall Inn, no boêmio Greenwich Village, era um dos mais conhecidos bares gays de Nova York, ponto de encontro dos marginalizados da sociedade.

Àquela época, as relações entre pessoas do mesmo sexo eram consideradas crime em quase todos os estados americanos — em Nova York, a homossexualidade só deixou de ser criminalizada nos anos 1980.

Na madrugada do dia 28 de junho, o bar, alvo de frequentes batidas policiais, foi invadido pela terceira vez na mesma semana, sob a alegação de que a venda de bebida alcoólica era proibida ali.

Funcionários e frequentadores, muitos deles travestis e drag queens, foram presos e agredidos.

Dessa vez, no entanto, a violenta abordagem gerou uma reação dos presentes: depois de uma noite tensa de conflitos, parte da comunidade LGBTQIA+ foi às ruas protestar nos arredores do Stonewall Inn, demonstrando orgulho de ser quem eram e confrontando a polícia.

As manifestações duraram seis dias, mobilizando milhares de pessoas em diversos pontos da cidade, fazendo com que o ativismo pelos direitos LGBTQIA+ ganhasse o debate público e as ruas. Nos anos seguintes, a data foi relembrada em manifestações em diversas cidades do país, dando origem à primeira marcha de Orgulho Gay, em 1970, e às paradas LGBT como conhecemos hoje por todo o mundo.

Em 2015, o bar foi declarado monumento histórico da cidade pela Prefeitura de Nova York e, um ano depois, decretado o primeiro monumento nacional aos direitos da comunidade pelo ex-presidente Barack Obama.

“Hoje é dia de celebrar o orgulho e lutar pela defesa dos direitos das pessoas LGBTQIAPN+,  é dia de reforçar que a luta por diretos igualitários continua, e pelo direito de existir sem discriminação. Hoje e sempre, todo orgulho e afirmação de existências, políticas e direitos!”, ressaltou o deputado Valdir Barranco, antes de complementar. “Orgulhe-se! Orgulhemo-nos!”.

 

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br