terça-feira, 18, junho, 2024
30 C
Cuiabá

Casa de Bem-Bem: um símbolo da cuiabania revitalizado e entregue pela gestão Emanuel Pinheiro

Mais lidos

Por: Carolina Miranda/Ascom

Entregue em fevereiro de 2022 pela gestão Emanuel Pinheiro, um símbolo da cuiabania, a Casa de Bem-Bem, de notável da arquitetura colonial, foi totalmente revitalizada e reformada. Localizada em uma das regiões mais nobres da cidade, o Centro Histórico de Cuiabá, na Rua Barão de Melgaço.

Desde a reinauguração, há um ano e seis meses, o espaço, além de estar aberto para visitação turística, é utilizado pelo Instituto Ciranda. No local, são ofertados diariamente cursos de violino, viola de arco, violoncelo, contrabaixo acústico, clarineta, flauta transversal, saxofone, oboé, fagote, trompete, trombone/tuba, trompa, percussão e musicalização. Além dos cursos totalmente gratuitos, ainda são disponibilizados uniformes, material didático e, na maioria dos casos, os instrumentos.

Para ampliar o atendimento às crianças, a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer informa que o processo licitatório está em análise para contratação de empresa para execução dos serviços de ampliação do quintal. Nesse espaço, serão construídas novas salas de aula, banheiros e copa. Por enquanto, o Instituto funciona no Casarão, na parte administrativa que recebeu a restauração em 2022.

“Estamos atualizando as planilhas para finalização do processo licitatório das ampliações da Casa de Bem-Bem, através do PAC Cidades Históricas, na ordem de R$ 2,7 mi, onde irá funcionar o novo espaço para as atividades. Os serviços foram interrompidos por falha da antiga empresa escolhida”, explicou o arquiteto da Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer, João Felipe.

Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), o espaço foi totalmente restaurado pela gestão Emanuel Pinheiro, por meio do investimento de mais de R$ 1,5 milhão, com recursos da Fonte 100. Foi restaurada a fundação da estrutura do imóvel, bem como os esteios de madeira e seus pés situados abaixo do solo em até 1,80 m. Os ladrilhos e os pisos foram substituídos por materiais idênticos para manter a originalidade. Além do madeiramento do telhado, colocação de forro embutido, tudo para preservar o patrimônio.

“Uma obra grandiosa, pela qual ficamos incumbidos de devolver à nossa gente aquilo que é seu por direito, a sua herança e patrimônio cultural. A Casa de Bem-Bem ficou conhecida pelas grandes festas de santo, sendo uma das mais tradicionais da época. Dona Bem-Bem, ou Constança Figueiredo, era dentre os 13 irmãos Novis Figueiredo, extremamente popular. Os festeiros de São Benedito realizavam as festas em suas residências, com muita fartura”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro rememorando que o imóvel foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN)  e sua existência é memória concreta do Centro Histórico de Cuiabá com  achados arqueológicos do local. Pedaços de cerâmica e utensílios domésticos revelam hábitos e a cultura da cuiabania.

A Casa de Bem Bem foi construída no século XIX, durante o apogeu do ciclo do ouro e do comércio fluvial que moldaram a história de Cuiabá. A residência foi erguida em estilo colonial, com influências da arquitetura portuguesa e indígena, refletindo a rica miscigenação cultural presente na região.

“A Casa é um símbolo de orgulho e conexão com a nossa identidade local. Os moradores de Cuiabá veem nessa herança histórica um reflexo de suas raízes, e muitos se esforçam para compartilhar suas histórias e tradições com as gerações futuras, preservando assim o legado cultural da cidade”, declarou o gestor.

O nome peculiar “Bem Bem” deriva da família que a habitou por gerações. Ao longo dos anos, a casa testemunhou mudanças significativas na cidade, desde o desenvolvimento econômico até os movimentos sociais e políticos que moldaram a cultura cuiabana.

Ao entrar na casa, os visitantes são imediatamente cativados pela atmosfera que parece congelar o tempo, mantendo vivas as histórias do passado. Móveis antigos, pinturas em telas, utensílios domésticos e objetos de época são exibidos com cuidado, retratando a vida cotidiana das famílias que ali viveram. Tudo foi mantido. “A fachada apresenta janelas e portas ornamentadas, com trabalhos em madeira finamente esculpidos. As paredes de adobe, revestidas com técnicas artesanais, mantêm a temperatura interna agradável, oferecendo um refúgio fresco do calor intenso da região. Essa é uma das premissas da gestão, esse resgate histórico e valorização dos instrumentos públicos”, finalizou o secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Aluízio Leite.

A Casa de Bem-Bem está localizada na Rua Barão de Melgaço, 3963, Centro Histórico de Cuiabá. Está aberto ao público de segunda a sexta-feira, em horário comercial.

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br