quarta-feira, 29, maio, 2024
24 C
Cuiabá

Procon-MT alerta consumidores sobre golpes envolvendo o programa de passagens aéreas Voa Brasil

Mais lidos

Por: Solange Wollenhaupt/Setasc

O Procon Estadual alerta aos mato-grossenses sobre um novo golpe que utiliza, de forma fraudulenta, o nome do programa de passagens aéreas Voa Brasil, do Governo Federal.

De acordo com a secretária adjunta do Procon-MT, Márcia Santos, anúncios do Programa Voa Brasil, que remetem a sites e links fraudulentos, estão sendo veiculados pela internet, especialmente em redes sociais, para capturar dados pessoais e de pagamentos dos usuários.

A secretária reitera que o programa, que visa promover passagens aéreas com custo reduzido, ainda não foi lançado oficialmente. A proposta está sendo finalizada e, por isso, não tem regras definidas para participação.

“O Governo Federal e o Ministério dos Portos e Aeroportos ainda não estão realizando cadastro, nem solicitando valores para inclusão dos consumidores no programa. Por isso, a população deve redobrar a atenção e não clicar nesses anúncios. Caso receba algum contato para cadastro ou solicitando pagamento relativos ao programa, o consumidor deve formalizar uma denúncia junto ao Ministério de Portos e Aeroportos (MPor) ou no Procon mais próximo de sua residência”, ressalta.

Conforme a secretária, o alerta para o golpe foi emitido nacionalmente após diversas denúncias terem sido levadas à Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon). Em pesquisa encomendada pela Secretaria à Universidade Federal do Rio de Janeiro, foram localizados 622 anúncios que envolvem 52 anunciantes e o redirecionamento para 43 sites golpistas. O Governo Federal já solicitou que as plataformas Google e Facebook retirem de veiculação os anúncios fraudulentos sobre o Voa Brasil.

Denúncias

Caso receba algum contato (ligação telefônica, correspondência, mensagem de texto no celular ou via redes sociais) solicitando depósito em dinheiro para ser incluído no Programa Voa Brasil, o consumidor deve formalizar denúncia pelos seguintes canais de atendimento: pela internet, pelo Fala BR (https://falabr.cgu.gov.br/); por e-mail, pelo contato ‘[email protected]’; ou pelo telefone (61) 2029-8090.

Em Mato Grosso, o consumidor também pode formalizar denúncia no Procon mais próximo de sua residência ou registrar reclamação pelo WhatsApp (65) 99228-3098.

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br