segunda-feira, 4, março, 2024
30 C
Cuiabá

Prefeitura de Campo Verde entrega mais 42 títulos de propriedade de imóveis urbanos

Mais lidos

A Prefeitura de Campo Verde, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Regularização Fundiária, Habitação e Meio Ambiente, fez na tarde da última quinta-feira (13) mais uma entrega de títulos de propriedades a moradores de três bairros da área urbana.

Foram entregues 18 títulos a moradores do Núcleo Urbano João Tomazi, 17 para moradores do Cidade Alta II, 5 para proprietários de imóveis localizados no Recanto do Bosque e 2 para moradores do bairro Eckert, totalizando 42 títulos. No núcleo urbano João Tomazi, os moradores aguardavam há mais de duas décadas pelos documentos.

“Se estamos todos aqui nesse momento é porque houve uma iniciativa que partiu do Executivo, partiu do nosso prefeito”, disse a vice-prefeita e secretária municipal de Saúde, Edna Queiroz da Silva, que destacou também o apoio da Câmara de Vereadores às ações do Executivo Municipal. “E hoje é um momento de muita alegria. Como é bom a gente tomar posse daquilo que é da gente”, enfatizou. “Nesse momento, com esse documento, cada um de vocês estão tomando posse, é seu”, frisou Edna, dirigindo-se às pessoas que receberam os documentos.

“Esse ato é onde as pessoas estão economizando um bom recurso. A Prefeitura tem dado todo o suporte para o nosso Departamento de Habitação para que nós possamos chegar até essas famílias e fazer com elas tenham de fato e de direito o documento e a valorização do seu imóvel”, salientou o gerente de Habitação Cícero Alves dos Santos.

O presidente da Câmara de Vereadores Sílvio Eventos destacou a importância da entrega dos títulos. “As pessoas vão para casa hoje com o documento em mãos e quero parabenizar o empenho que o Executivo está tendo”, disse ele, ressaltando que a Câmara, sempre que necessário, votou as matérias referentes à regularização fundiária com rapidez.

Morador do Cidade Alta II, Januário Guarim Fernandes foi um dos contemplados com a entrega dos títulos. “A gente fica muito feliz”, afirmou ele.

Felicidade e gratidão foram os sentimentos da também moradora do Cidade Alta II Adelina Neres de Souza, que há 15 anos aguardava pelo documento de propriedade definitivo de sua casa.

“Para mim é uma gloria isso estar acontecendo”, disse ela. “Eu nunca tinha condições de fazer a escritura e agora sair assim para mim foi uma benção”, completou.

A entrega, conforme destacou o prefeito Alexandres Lopes de Oliveira, é o resultado de um trabalho sério e comprometido que vem sendo desenvolvido pela Administração Municipal, através de uma equipe multiprofissional focada na resolução das questões relacionadas à documentação de imóveis. “Para que pudéssemos fazer com que a regularização fundiária, tanto a urbana como a rural ocorresse”, destacou o prefeito. “E isso é o que está acontecendo aqui, agora. Estamos fazendo a entrega de títulos de locais que há mais de 25 anos aguardavam por isso”, ressaltou.

Para o prefeito, a titularização dos imóveis promove a segurança jurídica para os proprietários, que passam a ser legitimamente, donos de seus imóveis de fato e de direito.  Ele enfatizou que, enquanto gestor público, a entrega dos documentos é um momento de satisfação. “A gente fica muito contente, muito alegre de poder entregar esses títulos que serão muito bem utilizados por essas famílias”, disse ele.

Alexandre também destacou que o trabalho de regularização fundiária em Campo Verde terá continuidade e a meta, segundo ele, é que até o final da gestão, que termina em dezembro de 2024, pelo menos mil famílias recebam seus títulos.

“O trabalho continua, temos ainda muitas unidades para poder regularizar e fazer a entrega de vários outros títulos, tanto na zona urbana quanto na zona rural. E a missão desse grupo”, disse ele, referindo-se aos servidores do Departamento de Habitação, “é fazer as devidas entregas para que a gente possa, definitivamente, fazer com que esses documentos cheguem até as famílias”, completou.

De acordo com o Departamento de Habitação, além de alguns imóveis remanescentes de outras regularizações localizados em vários bairros da cidade, o trabalho de titularização está sendo feito também na Agrovila João Ponce de Arruda, onde 260 famílias serão beneficiadas. E nos próximos dias serão iniciados os processos para a emissão de títulos de propriedade para cerca de 700 famílias do Loteamento Popular São Miguel.

Fonte: Ascom

 

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br