segunda-feira, 4, março, 2024
24 C
Cuiabá

Obras de duplicação da BR-163 vão gerar 1,2 mil novas vagas de emprego em MT

Mais lidos

Por: Raquel Ferreira/NRO

As frentes de serviço de duplicação da BR-163 em Mato Grosso, manutenção da rodovia e construção das obras de arte (viadutos, diamantes, pontes etc.) vão abrir pelo menos 1,2 mil novas vagas de emprego em Mato Grosso até o próximo ano. A estimativa é da Concessionária Nova Rota do Oeste, responsável pelo contrato de concessão de 850,9 quilômetros da rodovia federal, que atualmente conta com quase 2 mil postos de trabalho diretos e indiretos ao longo de todo o segmento, que vai de Itiquira a Sinop.

A retomada da duplicação da BR-163 teve início em julho deste ano, após o Governo do Estado, por meio da MT Par, assumir o contrato de concessão. Em menos de quatro meses, seis ordens de serviço de engenharia civil foram assinadas e as obras estão em andamento, sendo cinco voltadas à manutenção da rodovia, de Cuiabá a Sinop, somando o investimento de R$ 202 milhões; e uma referente à duplicação de 86 quilômetros da BR-163, de Diamantino a Nova Mutum, no valor de R$ 618 milhões.

Segundo a Nova Rota do Oeste, além da geração de emprego, as obras vão aquecer outros setores da economia diante do investimento previsto de R$ 7,5 bilhões em um período máximo de 8 anos, quando devem ser entregues à população 450 quilômetros de pista duplicada, 34 obras de arte especiais (pontes, trevos e viadutos), sete passarelas, recuperação permanente da via, entre outros elementos. Caso ocorra a antecipação do cronograma de obras, o mercado poderá contar com 2,5 mil novas vagas para contratação.

O economista Vivaldo Lopes avalia que a retomada dos investimentos e avanço das obras da BR-163 confirmam a necessidade de a infraestrutura rodoviária de Mato Grosso ser modernizada para dar suporte ao acelerado crescimento de economia do Estado. Frisa ainda que, além da melhoria da infraestrutura física, a retomada das obras no trecho sob concessão promove o aumento do emprego, da renda e do consumo ao longo da rodovia.

Quadro atual – A Nova Rota do Oeste conta com um quadro de funcionários formado por cerca de mil pessoas que trabalham ao longo dos 850,9 quilômetros sob concessão da BR-163, de Itiquira a Sinop, nos mais variados cargos nos setores administrativos e operacionais, sempre desenvolvendo atividades que impactem positivamente na vida de quem percorre a rodovia.

Além destes, a Concessionária conta ainda com mão de obra subcontratada para efetivação de alguns serviços, como atendimento médico e a execução de obras.

Para conferir as vagas ofertadas pela Nova Rota do Oeste e participar dos processos seletivos, acesse a plataforma de emprego da Concessionária.

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br