quarta-feira, 29, maio, 2024
24 C
Cuiabá

Frente Parlamentar da Bacia do Rio Cuiabá é instalada na ALMT

Mais lidos

Foi instalada nesta quarta-feira (3), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, a Frente Parlamentar da Bacia do Rio Cuiabá. Requerida e coordenada pelo deputado Wilson Santos (PSD), a frente é composta por 13 dos 24 deputados estaduais e tem o objetivo de levantar, estudar, atender e desenvolver políticas públicas que favoreçam os municípios da região.

Entre as principais pautas que serão reivindicadas durante os trabalhos, estão a implantação da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) em Várzea Grande e a expansão do campus de Cuiabá, os impactos da chegada da ferrovia em Cuiabá e a ampliação da industrialização, visando fortalecer a região.

Durante reunião de instalação da frente parlamentar, Wilson Santos fez um breve histórico do processo político e administrativo da região mais antiga e populosa de Mato Grosso e destacou a importância de unir forças para reivindicar investimentos a fim de promover o seu desenvolvimento, assegurando a preservação ambiental.

“Ao mesmo tempo em que Cuiabá tem o melhor IDH do estado, nós temos em Acorizal, em Livramento, em Barão de Melgaço, em Santo Antônio do Leverger e Poconé os piores IDH’s do estado. Ao mesmo tempo em que a capital tem uma das maiores percentagens de alfabetização, outros municípios estão com índices de alfabetização e de desenvolvimento humano em níveis africanos, muito baixos, o que é inaceitável para um estado que tem a terceira maior renda per capita do país, o maior PIB agropecuário e uma das maiores produções minerais, especialmente ouro. Então há muitos desafios a serem vencidos”, declarou o coordenador-geral da frente.

Presidente da Assembleia Legislativa em exercício, a deputada Janaina Riva (MDB) destacou a relevância das pautas reivindicadas pela frente parlamentar e a necessidade da criação de oportunidades de trabalho e fontes de renda em municípios da região.

“O nosso objetivo aqui é fazer essa discussão e essa interlocução junto ao Governo do Estado, reforçando a importância da Baixada Cuiabana sobre todos os aspectos, e buscar a redução da desigualdade social que
tem ficado evidenciada aqui, através da capacitação, através da busca da industrialização. Esse é um novo ciclo de trabalho que iniciamos hoje na Assembleia Legislativa”, disse.

O deputado Juca do Guaraná Filho (MDB) afirmou que a frente parlamentar deixará um legado importante. “Vamos trabalhar com muito empenho e dedicação”, assegurou.

Célio dos Santos, secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável de Várzea Grande, parabenizou os parlamentares pela instalação da frente e ressaltou a necessidade de conciliar desenvolvimento econômico e preservação ambiental.

“Nós precisamos acabar com a ideia de que existe oposição entre desenvolvimento econômico e preservação ambiental. É possível, sim, e é o futuro da humanidade, desenvolver-se economicamente com preservação ambiental. Por isso eu venho aqui, em nome do prefeito Kalil Baracat, demonstrar o nosso total apoio para que essa frente parlamentar possa trazer relevantes serviços para os municípios, mas que também trabalhe no sentido de viabilizar os recursos necessários para que obras importantes possam ser desenvolvidas nesses municípios e que possam trazer qualidade de vida para a nossa sociedade”, acrescentou.

Pró-reitora do campus de Várzea Grande da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Ilce de Oliveira Campos pontuou a existência projetos visando o desenvolvimento industrial do município, como o que prevê a transferência dos cursos de engenharia e de ciência e tecnologia para o possível polo industrial de Várzea Grande, e a criação de um Centro de Tecnologia Mineral.

Também participaram da reunião de instalação o coordenador do curso de Engenharia de Minas da UFMT, Caiubi Kuhn, e o diretor da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Allan Batista Camilo.

A Frente Parlamentar da Bacia do Rio Cuiabá é composta pelos deputados Wilson Santos (PSD), Beto Dois a Um (PSB), Carlos Avallone (PSDB), Diego Guimarães (Republicanos), Eduardo Botelho (União), Elizeu Nascimento (PL), Fabinho (PSB), Faissal (PV), Janaina Riva (MDB), Juca do Guaraná (MDB), Júlio Campos (União), Lúdio Cabral (PT) e Paulo Araújo (PP).

Fonte: Renata Neves/Secom

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br