quarta-feira, 21, fevereiro, 2024
33 C
Cuiabá

Feira da Agricultura Familiar comercializa R$ 350 mil durante FIT Pantanal

Mais lidos

A Feira de Exposição e Vendas de Produtos da Agricultura Familiar recebeu mais de 100 mil visitantes e teve um faturamento de R$ 350 mil, durante a Feira Internacional do Turismo do Pantanal 2023 (Fit Pantanal), realizada nos dias 04 a 07 de maio, no Centro de Eventos do Pantanal, na cidade de Cuiabá. Os visitantes da Feira da Agricultura encontraram nesta edição mais de 50 expositores, representando 20 municípios do Estado, representantes das Comunidades Tradicionais, Assentados, Quilombolas, Indígenas e Povos da Floresta.

Os visitantes puderam conhecer produtos diversos da agricultura familiar de MT, como doces, licores, queijos, xarope, temperos, derivados da banana (doces, salgados, frita, chips), salames, matrinxã defumada, farinhas de vários sabores, café orgânico, mel, própolis, produtos agroecológicos (babaçu, farinha de coco), artesanatos, mudas exóticas, ornamentais e nativas, pacotes e promoção de trilhas e turismo rural no Estado e outros.
A Secretaria de Estado e Agricultura Familiar (Seaf) e a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) foram parceiras do evento e organizaram a participação dos agricultores e empreendedores na feira.

“Esse foi um momento muito importante para a agricultura familiar no Estado. Além de mostrarmos o potencial do turismo rural em Mato Grosso, seja pelas belezas naturais ou pelo produto agregado, o Governo do Estado viabilizou que os pequenos produtores pudessem mostrar que nossos produtores são de qualidade. Prova disso é o resultado que tivemos”, avalia a secretária de Estado de Agricultura Familiar, Teté Bezerra.

O presidente da Empaer, Renaldo Loffi, destacou que os agricultores trouxeram para a FIT Pantanal uma amostra do que é produzido nas comunidades rurais nas diversas cadeias produtivas. Segundo Loffi, o fomento ao turismo rural é de extrema importância e uma garantia de oportunidades para os agricultores familiares que vivem no campo.

“Temos muitos atrativos voltados para as belezas naturais e para a cozinha como o café, queijos, doces, biscoitos, cachaça e muito mais. É importante criar condições para o desenvolvimento do turismo rural no Estado, dando suporte aos agricultores familiares, no sentido de ampliar a geração de emprego e renda de forma sustentável”, explica Loffi.

Geraldo Donizeti Lúcio, agente técnico da Empaer e coordenador do evento, conta que a feira foi montada num espaço de 600 metros quadrados e teve representantes da agricultura familiar de 20 municípios, entre associações, cooperativas, iniciativas individuais e outras. Ele explica que os expositores trouxeram produtos de 238 fornecedores para apresentar ao público e comercializar na feira.

“Essa iniciativa teve como objetivo fomentar a cadeia do turismo rural e mostrar que é possível gerar renda em uma propriedade rural associada ao turismo”, enfatiza.

Fonte: Rosana Persona/Empaer-MT
- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br