segunda-feira, 4, março, 2024
30 C
Cuiabá

Cuiabá: Após entregar denúncia no TJ, Chico 2000 apresenta documentos para interventora

Mais lidos

Após entregar denúncia de ex-fornecedores da Saúde ao Tribunal de Justiça (TJ), o presidente da Câmara Municipal dos Vereadores, Chico 2000 (PL), entregou documentos para a interventora estadual da Saúde de Cuiabá, Danielle Carmona.

Trata-se de uma denúncia apresentada por empresários representantes da Síntese Comercial Hospitalar LTDA, que teve o contrato de fornecimento de próteses rompimento pela gestão da Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) para beneficiar uma empresa administrada por médicos que operam, fiscalizam e encaminham os procedimentos para pagamento pela saúde da capital.

Chico explicou que recebeu a denúncia na semana passada, analisou o teor por uns dias para situar-se do caso e entendeu que é uma situação que, no mínimo, precisa ser analisada. “Fizemos a distribuição ontem no Tribunal de Justiça onde fomos muito bem recebidos pelo desembargador Orlando Perri. E hoje estamos junto a interventora fazendo também a entrega desses documentos, assim como vamos encaminhar o mesmo documento para o Executivo Municipal”, declarou Chico 2000.

A interventora disse que a equipe vai analisar os documentos para verificar a situação. “A rescisão do contrato ocorreu num período que já tinha sido decretada a intervenção, mas no dia seguinte o gabinete de intervenção tomou posse. Então, vamos analisar o processo e tomar as ações que forem necessárias para atualizar ou correção do que originou a rescisão desse contrato”, afirmou Danielle.

Segundo ela, o trabalho feito pela Câmara de Cuiabá de acompanhar a intervenção na Saúde de Cuiabá tem sido muito positivo. “Estamos demonstrando com total transparência todo o trabalho, tendo apoio no acompanhamento, na fiscalização de todas as ações por parte do presidente da Câmara, bem como de muitos vereadores que querem acompanhar de perto porque estão preocupados em garantir o atendimento à população”, avaliou Carmona.

Além do TJ, da equipe da intervenção, o presidente da Câmara segue com a entrega da denúncia para os demais órgãos, como a Prefeitura de Cuiabá, o Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado (TCE), além de encaminhar uma cópia para cada vereador.

DENÚNCIA – Na sessão plenária da última terça-feira (02), o presidente da Câmara Chico 2000 Chico comentou que recebeu na semana passada de empresários da Síntese Comercial Hospitalar LTDA. No dia 14 de março de 2023, a empresa recebeu ofício assinado por Daniellen Nelian, diretora técnica e administrativa da Empresa Cuiabana, e pelo diretor geral Paulo Rós, de que eles decidiram suspender o contrato com a Síntese.

Segundo os empresários, eles prestaram serviço correto e nunca deixaram de entregar próteses e materiais requisitados pela equipe médica. Contudo, segundo a denúncia, eles foram substituídos por uma empresa cujo inúmeros proprietários são médicos que operam, fiscalizam e encaminham as guias de pagamento para Empresa Cuiabana de Saúde.

Fonte: Secom – CMC

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br