sexta-feira, 17, maio, 2024
32 C
Cuiabá

Cáceres: Prefeitura anuncia mais uma edição do Peixe Santo

Mais lidos

Por: Esdras Crepaldi/Ascom

A Prefeitura de Cáceres, visando manter a cultura e a tradição cristã do consumo de pescado na sexta-feira da paixão, promove mais uma vez o Projeto Peixe Santo.

O evento que comercializa peixes de água doce, vindo diretamente do pequeno produtor rural, acontece de 27 a 29 de março. O quilo do peixe Tambatinga será comercializado a 18 reais, limpo.

Segundo o secretário municipal de Agricultura, Jeremias Pereira Leite, até o momento a prefeitura definiu  seis pontos de venda do pescado, podendo haver mais. “São locais estratégicos da cidade para a comercialização dos peixes: na sede Prefeitura (COC), Praça da Feira, Secretaria de Cultura e Turismo (Sematur), Moreno Agropecuária na avenida Tancredo Neves, Em frente à casa do Da Cunha, rua dos Barbosa 73, Vila Mariana e Chácara Tambaqui em frente ao laticínio São Luiz”, anunciou.

Ele observou que quanto mais pontos de comercialização, menos aglomerações. “A Prefeitura aumentou os pontos de venda, por ser esta uma realização que reúne anualmente um número muito grande de consumidores participantes. “É um acontecimento que traz retornos significativos para o município, tanto social, oportunizando a aquisição de peixes mais baratos e com a venda dos peixes que favorece os pequenos produtores e aquece a economia local”, avaliou Jeremias.

Já Ronaldo “Iturama” Damascena, ressaltou o apoio que a prefeitura tem dado aos pequenos produtores, incentivando a criação de peixes. “Nos últimos anos a prefeitura abriu muitos tanques de peixes, dando suporte técnico e distribuindo alevinos para que os pequenos produtores possam iniciar na modalidade da piscicultura”, relatou Iturama.

A prefeita Eliene Liberato Dias comemorou a oportunidade do Peixe Santo manter viva a tradição religiosa da sexta-feira Santa oferecendo pescado a preços acessíveis. “Estamos incentivando a produção e oportunizando, com este projeto, espaços para quem promove a piscicultura, possa comercializar diretamente com a comunidade uma abundância de pescado” comentou Eliene.

 

 

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br