terça-feira, 23, abril, 2024
34 C
Cuiabá

Aulas de robótica desenvolvem habilidades socioemocionais nas escolas estaduais

Mais lidos

Por: Rui Matos/Seduc

As aulas de robótica educacional nas escolas da rede estadual de ensino de Mato Grosso contribuem com o desenvolvimento de habilidades comportamentais, além de aplicarem conceitos tecnológicos e lógica de programação. Inclusive, na Escola Estadual Padre Firmo Pinto Duarte, em Cuiabá, a robótica educacional foi inserida na programação da Semana de Saúde Mental, realizada neste mês de março.

Professor de robótica na escola, Maikon Brian Gomes afirmou que os estudantes são incentivados a colaborar, resolver problemas em equipe, comunicar ideias e, muitas vezes, a exercitar a paciência. “Estas atividades conjuntas, na busca de soluções para os desafios propostos nos cadernos de atividades, estimulam o relacionamento interpessoal e a autoconfiança, pois os estudantes percebem que podem e são capazes de realizar os projetos”, disse.

Na unidade, as aulas com uso da robótica promovem a interação e contribuem com a redução do estresse no ambiente escolar.

“Quando começamos a trabalhar a temática Saúde Mental nas aulas de robótica, tivemos a certeza de que estávamos no caminho certo”, comentou a orientadora pedagógica Mayara Gonsales.

Ela comentou que nessas aulas os estudantes são estimulados ao trabalho em equipe, favorecendo habilidades organizacionais, socioemocionais, cognitivas, comportamentais e de comunicação. “Isso os instigam a buscar soluções e, na prática, aplicarem o conhecimento, desenvolvendo o raciocínio logico e o pensamento crítico”.

Na rede estadual de ensino, o Governo de Mato Grosso já investiu cerca de R$ 60 milhões em robótica educacional e a meta é dobrar o número de escolas atendidas em 2024, passando de 102 para 204 unidades.

Na opinião do secretário de Estado de Educação, Alan Porto, esse investimento estabeleceu uma nova dinâmica nas disciplinas voltadas à tecnologia. “Quando implantamos a robótica educacional numa escola, tornamos as aulas de matemática e física mais interessantes. Como as atividades são muito divertidas, também proporcionamos maior interação entre professores e estudantes”, concluiu.

A robótica educacional faz parte da política Tecnologia no Ambiente Escolar, uma das 30 políticas que compõem o Plano EducAção 10 Anos, que objetiva colocar a rede estadual de ensino entre as cinco redes públicas mais bem avaliadas no país até 2032.

 

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br