quarta-feira, 21, fevereiro, 2024
33 C
Cuiabá

Pássaros do Pantanal inspiram nova exposição na Galeria Lava Pés

Mais lidos

Intitulada “Suspensão”, a nova exposição de Emanuelle Calgaro estreia nesta quarta-feira (26.04), às 19h, na Galeria de Artes Lava Pés. A artista plástica reúne 61 desenhos inéditos, inspirados no comportamento e nas cores das aves que habitam a região do Pantanal Mato-grossense. A exposição é aberta ao público, com entrada gratuita, e segue em cartaz até 6 de junho.

A coletânea multicor revela dezenas de espécies de pássaros, seguindo fielmente suas características estéticas e singularidades mais marcantes. Em seus estudos, a artista utiliza para compor sua obra imagens reais extraídas de livros, fotografias e vídeos, além da observação da natureza.

“Sou uma atravessadora de mundos. Penetro realidades e percorro dimensões quando desenho. Isso se dá a partir do meu observar e sentir. Para mim, os pássaros são mensageiros, portais de acesso ao inimaginável, à liberdade, à transformação. São suspiros renovadores, repositores de energia”, adianta Calgaro, sobre sua principal fonte de inspiração.

Pássaros em movimento
“Suspensão”, a exposição da série “Sentido”, retrata a magnitude dos pássaros de Mato Grosso em voo ou em pouso, em pleno canto ou em silêncio.

Sobre a obra de Emanuelle Calgaro, o designer e educador Fabiano Pereira destacou recentemente: “Os pássaros são mestres em ressonância, eles nos lembram que a vida vibra como uma sinfonia da natureza que nos encanta e inspira. A ressonância também está presente na obra de Emanuelle Calgaro, formando um todo coeso e harmônico, percebido na relação entre as cores, formas e texturas de seus pássaros. Esta relação permeia todos os desenhos reunidos pela série Suspensão, que nos toca como um poema, uma história de técnica, beleza e harmonia”, pontuou.

Sobre o processo criativo, Calgaro explica sua conexão com os pássaros, o simbolismo da vida silvestre e as metáforas que se correlacionam com os enfrentamentos de seu cotidiano.

“O primeiro ponto que observo é o olhar do pássaro e a sensação que ele desperta. Depois ressalto o formato do bico para compreender como ele se alimenta e interage com a natureza. Concluo com a coloração das plumas. Assim, os olhos nos conectam. Contorno o bico, símbolo de sobrevivência, e por fim as penas, alegoria majestosa que protege e impulsiona. Em meu trabalho gosto de dar ênfase às cabeças ou às aves em pouso. Mas durante a pesquisa foram surgindo outras espécies, em pleno voo, lembrando a curva crescente do meu processo de cura, de evolução e transformação. Passei a desenhá-los também”, explicou.

Emanuelle Calgaro já teve trabalhos expostos no Museu Histórico de Mato Grosso e Museu Residência dos Governadores.

Serviço
Estreia da exposição “Suspensão”, de Emanuelle Calgaro

Data: Dia 26 de abril, às 19h
Local: Galeria Lava Pés, piso térreo da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT)
Endereço: Av. Jose Monteiro de Figueiredo, 510 – Duque de Caxias, Cuiabá – Mato Grosso
Ingresso: Entrada gratuita
Horário de visitação ocorre de segunda a sexta-feira, sempre das 9h às 18h.

Fonte: Assessoria/Secel-MT

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br