segunda-feira, 4, março, 2024
34 C
Cuiabá

Museu de História Natural inaugura mostra “A constelação do homem velho” neste sábado (15)

Mais lidos

O Museu de História Natural de Mato Grosso abre neste sábado (15), às 18h, a exposição “A constelação do homem velho”. Durante a abertura, haverá observação guiada do céu. A exposição é temporária e segue aberta ao público até o dia 15 de julho de 2023, de quarta a domingo, das 8h às 18h. O valor da entrada é R$12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia). Aos domingos, a entrada é gratuita.

A exposição é uma parceria do Museu de História Natural de Mato Grosso, do Instituto Ecossistemas e Populações Tradicionais, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) em parceria com os projetos de extensão FisicArte e O Céu de Mato Grosso, da UFMT, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso e do FABFisLAB.

A mostra conta com fotografias astronômicas que mostram a beleza e a diversidade do céu de Mato Grosso, considerado um dos melhores lugares do Brasil para observar as estrelas. As fotos foram feitas por participantes dos projetos de extensão FisicArte e O Céu de Mato Grosso, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Na exposição, será possível conhecer a história e a cultura dos povos originários da América do Sul que se inspiraram em uma figura mítica que aparece no céu noturno, o Homem Velho.

A curadora do Museu, Vitória Ramirez Zanquetta, explica que a exposição é uma forma de divulgar e valorizar os saberes da cultura dos povos indígenas. “É uma chance de se maravilhar com o céu e conhecer mais sobre a sabedoria e a cosmovisão dos indígenas da nossa região”, afirma.

O mito

Etnias indígenas brasileiras, principalmente as de origem tupi-guarani, compartilham o mito da constelação do “Homem Velho” ou do “Índio Velho”, formada pelas constelações ocidentais Taurus e Orion. Essa lenda conta que um homem foi assassinado pela esposa, que queria ficar com o irmão dele. Ela cortou a perna do marido para matá-lo.

Os deuses se compadeceram do homem e o colocaram no céu como uma constelação. No final de dezembro, o Homem Velho (Tuya, em guarani) aparece inteiro no céu, no lado Leste, no começo da noite. Isso significa que o verão chegou para os índios do sul do Brasil e que a época das chuvas começou para os índios do norte do Brasil.

O que são as fotografias astronômicas?

Fotografias astronômicas ou astrofotografias é um tipo de fotografia especializada que registra imagens de corpos celestes e grandes áreas do céu noturno. Em essência elas consistem em um empilhamento de várias fotografias de longa exposição. E para fazer as astrofotografias, é preciso ter alguns equipamentos e técnicas adequados, além de uma boa localização com pouca poluição luminosa, como um telescópio com um motor de compensação do movimento da Terra.

Serviço

O Museu de História Natural de Mato Grosso é um equipamento cultural da Secel-MT, que funciona em gestão compartilhada com o Instituto Ecossistemas e Populações Tradicionais (Ecoss).

Abertura da exposição “A constelação do homem velho”
Quando: 15 de abril (sábado), às 18h
Período de exposição: até 15 de julho de quarta a domingo (8h às 18h)
Entrada: aos domingos gratuito. Quarta a sábado R$ 6,00 a meia e R$ 12,00 inteira

Fonte: Dayanne Santana – Secel-MT/Com informações da Assessoria do Museu de História Natural

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br