sexta-feira, 17, maio, 2024
26 C
Cuiabá

Consumidores devem manter dados cadastrais atualizados no programa Nota MT

Mais lidos

Os consumidores cadastrados no programa Nota MT devem manter seus dados atualizados, principalmente as informações relacionadas à conta bancária. A orientação feita pela Secretaria de Fazenda (Sefaz) visa evitar que as pessoas sorteadas percam a chance de receber as premiações, que são pagas em até 90 dias após os sorteios, desde que os contemplados estejam em situação regular e com as informações atualizadas.

Para auxiliar os usuários com a atualização do cadastro, é disponibilizado no site e aplicativo do Nota MT um espaço com perguntas frequentes. Por meio das informações, a própria pessoa pode solucionar problemas como corrigir o e-mail informado e recuperar a senha esquecida.

De acordo com a Sefaz, um problema recente no sistema do Nota MT afetou o cadastro de alguns usuários. Nesses casos, a pessoa deve entrar em contato com o atendimento do programa, na opção “Envie uma mensagem”, do site, ou “Reclamações”, no aplicativo. Também é disponibilizado o atendimento telefônico (65) 3617-2704, que funciona de segunda à sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

No cadastro do Nota MT são solicitadas informações pessoais do cidadão como o nome completo, CPF, data de nascimento, telefone e nome da mãe. Além desses, é necessário informar os dados bancários para recebimento do prêmio. A conta pode ser de qualquer instituição financeira, com exceção da conta poupança do Banco Sicredi e do banco digital Mercado Pago, e deve estar registrada no nome da pessoa cadastrada no programa.

Manter os dados cadastrais atualizados é fundamental para que o usuário possa participar dos sorteios e aproveitar todos os benefícios oferecidos pelo programa, como o desconto no IPVA e a ferramenta de pesquisa de preço. Por meio do acesso também é possível ver as notas fiscais das compras, mês a mês e anualmente, e acompanhar as datas dos sorteios, os resultados e as informações sobre o processo de pagamento da premiação.

Para participar dos sorteios do Nota MT, além de ter cadastro, é necessário pedir o CPF na nota nas compras realizadas em estabelecimentos comerciais de Mato Grosso. A cada nota fiscal com o CPF do consumidor, é gerado um bilhete eletrônico que concorre a 1.010 prêmios mensais, sendo 1.000 de R$ 500, cinco de R$ 10 mil, três de R$ 50 mil e dois de R$ 100 mil.

O Nota MT é um programa de cidadania e educação fiscal que incentiva os consumidores a exigirem o documento fiscal das compras. Atualmente, cerca de 530 mil usuários estão cadastrados. Desses, mais de 40 mil já foram sorteados e, juntos, receberam R$ 23.288.000,00.

Fonte: Lorrana Carvalho/Sefaz-MT

- Publicidade -
960x120
- Publicidade -

Últimas notícias

Feito com muito 💜 por go7.com.br