Home Editorias Agricultura Tecnologia é o ingrediente que garante produção e produtividade
fullhome_2
fullinterna_1

Tecnologia é o ingrediente que garante produção e produtividade


| Fonte: Assessoria
Foto: Assessoria

O uso de tecnologias para o controle de pragas e daninhas na lavoura foi o tema que chamou a atenção de produtores rurais, estudantes universitários e empresários ligados ao agronegócio, na noite dessa quarta-feira, 11, no auditório Áureo Cândido Costa, do Parque de Exposições Wilmar Peres de Farias.

O Conexão AgriHub, programação do sistema Famato/Senar, trouxe para os participantes o que tem de mais moderno em equipamentos, plataformas e sistemas de tecnologias e inteligência artificial que podem produzir efeitos impressionantes na gestão do agronegócio por meio das ferramentas disponíveis. “Desde o planejamento de safras, controle de pragas, evolução da lavoura até o controle de custos com o uso de defensivos direcionados são algumas das vantagens que o produtor tem se usar as tecnologias”, alertou o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar-MT, Otávio Celidônio.

Os painelistas da noite, o instrutor credenciado do Senar-MT, Edegar Matter, e o consultor do AgriHub, Maurício Nicocelli Neto, apresentaram os resultados do uso das ferramentas e também o que o mundo está fazendo para realmente concretizar a agricultura de precisão por meio de aplicativos que controlam as lavouras desde o preparo da área até a colheita.

Outra alternativa para os participantes, que lotaram o auditório, foi a apresentação de quatro startups, duas do Rio Grande do Sul, uma de Mato Grosso e outra da Califórnia (EUA), que demonstraram a maneira que essas empresas monitoram a coleta de informações que acabam resultando em maiores índices de produção e produtividade por causa do controle feito por meio dessas tecnologias.

O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Rondonópolis, Aylon Arruda, agradeceu a parceria do sistema Famato/Senar em mais esse evento, que mostrou o que ainda temos por fazer na agricultura brasileira. “Os exemplos trazidos aqui e colhidos em outros países mostram que precisamos nos adaptar, conhecer e usar essas tecnologias para que possamos nos concretizar como o maior produtor de alimentos do mundo, com aproveitamento de áreas, com produtividade e com qualidade nessa produção pelo manejo correto. Temos tudo nas mãos, agora é aproveitar as ferramentas que chegam para facilitar e dar maior precisão à atividade agrícola”.

Foto: Assessoria
rodape_mat
Rodape_Mat2

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here