Home Chicote Ubaldo recebe PPS para comandar e Reginaldo prepara saída
Prefeitura Roo
Fullbanner1

Ubaldo recebe PPS para comandar e Reginaldo prepara saída

Fonte: Da Redação NMT
Vice-prefeito quer comando do Executivo e vereador busca a reeleição, em 2020. Foto - Montagem NMT

O vice-prefeito de Rondonópolis, Ubaldo Barros, atualmente no PP, fechou desembarque no PPS com status de líder partidário, segundo fonte ouvida pelo NMT. O empresário do ramo funerário persegue insistentemente a possibilidade de concorrer à Prefeitura no ano que vem, mas muita gente aposta que pode compor no último momento caso não consiga emplacar seu nome de alguma maneira até o meio de 2020.

Para a vereança, porém, Barros tem conseguido articular bem e deve conseguir sim formar um grupo capaz de ir à disputa. Como bem se sabe, o ano que vem trará como novidade a impossibilidade de coligações nas proporcionais, ou seja, o partido que quiser lançar nomes na disputa para a Câmara Municipal de Vereadores terá que conseguir se viabilizar com as próprias pernas para alcançar o quociente eleitoral e ser capaz de eleger alguém.

O ex-secretário de educação de Mato Grosso e advogado, Marco Marrafon (PPS), que foi um dos responsáveis por retirar o seu atual partido, depois de anos, das mãos do ex-prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz, e de Antônio Carlos Máximo, foi exatamente com quem Ubaldo tratou sua migração. Marrafon, inclusive, deve vir a cidade mais importante eleitoralmente do interior para o ato oficial de filiação de Ubaldo, nos próximos dias.

Nome mais relevante atualmente no PPS da cidade, o vereador Reginaldo Santos (PPS) definitivamente não deve então ficar no partido que sempre militou, embora não tenha relação ruim com Ubaldo. O fato é que além do desprestígio de não ter tido a procura de Marrafon para comandar a sigla na cidade, talvez por sua forte ligação com o grupo percivalino, Reginaldo estaria sendo seduzido pelo MDB.

A aproximação com o partido do cacique, Carlos Bezerra (MDB), ocorreu com as eleições de 2018. Na oportunidade, atual vereador, então apenas primeiro suplente no legislativo municipal, apoiou a campanha vitoriosa de Thiago Silva (MDB) para ficar definitivamente com sua cadeira e acabou estreitando os laços. Outra possibilidade pra ele, porém, é o DEM, para onde deve migrar boa parte do clã Muniz.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário
Coloque seu nome aqui