Home Destaque Hospital Regional de Rondonópolis recebe autorização para realizar cirurgias de alta complexidade
Prefeitura Roo
Fullbanner1

Hospital Regional de Rondonópolis recebe autorização para realizar cirurgias de alta complexidade

Procedimentos que eram realizados apenas em Cuiabá, como Neurocirurgia e Traumato-Ortopedia poderão ser feitos na maior cidade da região sul

Fonte:

A equipe técnica da Secretaria de Estado de Saúde (SES) aprovou credenciamento do Hospital Regional de Rondonópolis – Irmã Elza Giovanella como Unidade de Assistência de Serviço de Alta Complexidade em Neurocirurgia e Traumato-Ortopedia. O parecer foi resultado de uma visita realizada em setembro, pelas equipes da Coordenadoria de Rede de Serviços da SES e do Escritório Regional de Rondonópolis, que teve como objetivo avaliar o funcionamento da unidade.

A avaliação foi baseada nos critérios das portarias ministeriais, com aplicação de check-list que analisou os serviços de unidade de terapia intensiva, unidade de alta complexidade em neurologia e em ortopedia. “A habilitação da unidade junto ao Ministério da Saúde possibilitará melhor organização da rede de serviços de referência no estado, ampliando o acesso aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), principalmente na região Sul do estado”, destacou o secretário de Saúde, Eduardo Bermudez.

“O Governo tem trabalhado constantemente na questão da descentralização dos serviços de saúde, fortalecendo a existência do atendimento em alta complexidade também no interior, nos pólos, tanto para desafogar a rede já existente na capital quanto para que o usuário possa ser atendido mais perto de sua casa”, completou.

Durante a visita foi verificada a necessidade de adequações para que o Hospital Regional de Rondonópolis seja credenciado. De acordo com o relatório técnico, as alterações necessárias garantem a qualidade da assistência aos usuários e vão desde estrutura física a aquisição de materiais e equipamentos.

De acordo com o secretário, o próximo passo é realizar a obra de adequação do espaço e também comprar os equipamentos que irão compor a nova ala. “Todo o processo necessário já está sendo agilizado, e mesmo antes da habilitação pelo Ministério da Saúde, o Estado irá arcar com o custeio por que é de interesse deste governo”, concluiu.

Notícia em boa hora

O serviço ofertado pelo Hospital atende toda a região sul mato-grossense, composta por 19 municípios, sendo Rondonópolis o município que se caracteriza como referência para os serviços de saúde de média e alta complexidade. Recentemente, porém, a falta de leitos na capital para onde eram enviados os pacientes com necessidade cirúrgica fez algumas pessoas morrerem na fila de espera e um dos internados aguardando vaga um vídeo de indignação que viralizou na internet.

Da Redação com OD

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário
Coloque seu nome aqui