Home Chicote Blairo decreta “fim de Lula” e dá uma alisada leve em Bolsonaro
fullinterna5
fullinterna_2
fullinterna_3

Blairo decreta “fim de Lula” e dá uma alisada leve em Bolsonaro


| Fonte: Da Redação NMT
Tom mais complacente de Maggi ao atual presidente pode indicar tentativa de se aproximar com público bolsonarista, majoritário em Mato Grosso, visando volta ao Senado Federal. Foto - Arquivo/OLivre

Ex-aliado e pessoa muito próxima do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT), no passado, chegando ao ponto de mudar de partido para apoiar sua reeleição, em 2006, o ex-ministro, ex-governador e ex-senador, Blairo Maggi (PP), analisou que não existe mais futuro para o petista em um pleito eleitoral. “Não tem mais espaço para uma vitória hoje do ex-presidente nas urnas”, pontuou.

Blairo ainda comentou com a imprensa cuiabana, em evento político, neste início de semana, que não vê o atual presidente, Jair Bolsonaro, sendo prejudicado com a recente liberdade de Lula. “Acho que a soltura do Lula não tem nada a ver (com prejuízo ao Governo)”, comentou, acrescentando uma análise bem mais otimista sobre a atual gestão do país do que em algumas semanas atrás.

O ex-governador disse que tem visto o chefe do Executivo Nacional “procurando acertar” e ponderou que é normal a demora para o avanço de alguns setores por ele não estar familiarizado com as demandas. Blairo finalizou, porém, ressaltando que a gana por querer um Brasil melhor, que vê em Bolsonaro, é o caminho de sucesso para um Governo exitoso.

O tom de Blairo pode ser entendido como mais um ingrediente que aponta sua provável candidatura ao Senado Federal, após possível cassação de Selma Arruda (PSL). Até outros dias crítico ferrenho de Bolsonaro, a avaliação mais amena em relação ao atual mandatário da nação e até a alfinetada ao PT, podem ser reflexos da tendência eleitoral do mato-grossense, que deu mais de 66% dos votos para o atual presidente.

rodape_mat
Rodape_Mat2

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here