Home Artigos Transformação digital: Como ganhar muito nesta Nova Era para as grandes Empresas
fullhome_2

Transformação digital: Como ganhar muito nesta Nova Era para as grandes Empresas


| Fonte:

 

Saiba como tirar proveito dos avanços tecnológicos para transformá-los em diferenciais competitivos à sua companhia.

A mudança tecnológica domina hoje o pensamento empresarial em todos os tipos de indústrias. Isso ocorre porque falamos da sobrevivência do mais apto – as expectativas dos clientes evoluíram tanto de forma que as empresas precisam de todas as vantagens possíveis para garantir o crescimento, melhorar produtos e serviços e aumentar a eficiência.

Praticamente todos os negócios em todos os setores estão sentindo os efeitos da transformação digital. Mesmo que uma empresa não tenha iniciativa própria, sua concorrência pode ter. A transformação digital é uma releitura completa de como as empresas funcionam, possibilitada pela tecnologia transformadora de hoje — como a nuvem, os dispositivos móveis e o Big Data.

De acordo com um estudo de 2017 da Forrester, 38% dos tomadores de decisões, de negócios e de TI, acreditam que as mudanças tecnológicas, como a transformação digital, terão maior efeito em suas decisões nos próximos 12 meses. É a transformação digital que pode fornecer vantagem, uma oportunidade para reescrever as regras de negócios.

A transformação digital está acontecendo. As empresas já estão fazendo investimentos em tecnologia de back-office — a pesquisa BT Software Survey do ano passado revelou que 83% das empresas estavam fazendo investimentos em tecnologia de back-office com prioridade alta ou moderada.

O digital permite que sua empresa encurte a distância entre o que sua empresa quer e o que ela recebe.

Invista em sistemas de insights

Muitas empresas estão se afogando em dados famintas por insights. Os líderes precisam garantir que seus negócios possam:

  • Descobrir quais são os insights mais importantes;
  • Incorporá-los ao software que os clientes e funcionários usam para gerar engajamento;
  • Aprender continuamente através da medição de resultados.

A Forrester chama o que é necessário para potencializar as empresas digitais de “sistemas de insight”. Isso é igual à soma de pessoas, processos e tecnologia. As empresas precisam:

  • Pequenas equipes de insights interfuncionais. Eles precisarão ser patrocinados por um responsável por uma receita comercial. Eles combinarão experiência em domínio de negócios, habilidades em ciência de dados, insights de engenharia e know-how de desenvolvimento de software, tudo com o objetivo de encontrar, testar e implementar insights.
  • Processos de insight para execução que possam ser repetidos. Isso significa uma integração da ciência de dados, colaboração, governança e métodos de implementação ágeis. Sem um processo passível de ser repetido, não se trata de um sistema, mas de uma busca demorada de insights mínimos.
  • Uma arquitetura de insights digitais. O gerenciamento de big data e os sistemas de business intelligence ágeis incluem mecanismos de entrega de informações e recursos de gerenciamento de alimentação de dados, fornecendo ferramentas de descoberta, colaboração e controle de insights.

É a análise preditiva que dará força aos insights para impulsionar os negócios. De acordo com a pesquisa Global Data and Analytics da PwC do ano passado, 81% das empresas estão usando ou construindo sistemas preditivos hoje (59%) ou os têm planejados para os próximos 12 meses (22%). Os benefícios para as empresas podem incluir:

  • Melhor experiência do cliente;
  • Receita aumentada;
  • Custos operacionais reduzidos;
  • Maior agilidade nos negócios;
  • Decisões de negócios mais bem informadas;
  • Mais insights a partir de dados existentes;
  • Capacidade de gerar novos fluxos de receita com dados e serviços de inteligência.

Inteligência artificial na empresa

A demanda das empresas por tecnologia por aumento de produtividade está levando os fornecedores de software corporativo a introduzir a inteligência artificial em seus produtos – em 2020, os analistas da Gartner acreditam que a tecnologia da AI ​​será difundida em todos os novos produtos e serviços.

A inteligência artificial vai acender os insights e ações do futuro – a PwC disse no ano passado que 71% das empresas estão usando IA hoje (51%) ou planejam usá-la nos próximos 12 meses (20%). As empresas disseram que estavam usando IA para:

  • Mitigar os riscos de segurança;
  • Melhorar a automação comercial;
  • Obter uma visão melhor do cliente;
  • Melhorar a eficiência nas operações de negócios;
  • Criar e entregar melhores experiências ao cliente.

A transformação digital exige que as empresas construam ecossistemas

Um dos passos mais importantes na estratégia de transformação digital de qualquer negócio é estabelecer um ecossistema digital, que irá ajudá-lo a interagir e compartilhar plataformas digitais padronizadas e seus benefícios – com os objetivos sendo ganho comercial e inovação. Eles permitem que as empresas interajam com os clientes, parceiros e até mesmo com a concorrência em diferentes setores.

Encontrar líderes em transformação digital pode ser uma ótima maneira de as empresas colaborarem, encontrarem parceiros co-inovadores e criarem uma estratégia digital que atenda às suas necessidades. Eles também podem encontrar clientes que desejam fazer parcerias e comprar deles, trazendo suas próprias necessidades à mesa e criando oportunidades para acelerar o processo de inovação e criar soluções para seu setor.

Os desafios da transformação digital que as empresas enfrentarão

As empresas em transformação digital enfrentarão alguns desafios e terão que superá-los para que suas estratégias sejam bem-sucedidas:

Falta de compreensão executiva

A transformação digital requer uma abordagem de cima para baixo – liderança que tenha criado uma estrutura para o sucesso. Isso exige compromisso e compreensão de como a tecnologia pode melhorar os negócios. Quer se trate de dados, inteligência artificial ou automação, as empresas devem procurar treinamento ou um novo corpo técnico para preencher essas lacunas de conhecimento

Silos existentes

No antigo livro de regras, a estrutura organizacional de um negócio significa que ele é separado em departamentos com seus respectivos objetivos. No mundo de hoje, essa é uma dinâmica que causa problemas. A transformação digital exige colaboração entre os departamentos e, se eles estão isolados, esse é um problema que precisa ser superado.

Aplicativos herdados

As empresas podem considerar os aplicativos legados como uma barreira à transformação digital, pois dependem dessa tecnologia para seus negócios cotidianos. No entanto, o que eles devem visar é construir novos sistemas de transformação em paralelo com os sistemas legados, aproveitando os dados históricos que podem ser extremamente valiosos no futuro.

Dados sem contexto

Dados sem contexto são apenas ruído. As empresas geram enormes quantidades de dados e, se os funcionários estiverem perdidos e sem contexto, tudo fica sem sentido. É preciso haver esforços conjuntos para garantir que haja pessoas com o treinamento correto em uso e interpretação de dados dentro de uma organização.

A falta de propriedade para os resultados do cliente

Os executivos seniores devem ter uma visão e um plano estratégico, em que os resultados sejam alcançáveis ​​e a melhoria contínua seja possível. Sem isso, você cria um círculo de dor – a liderança não se apropria, não há progresso adiante e o restante do negócio não é inspirado na melhoria contínua que a transformação digital deve inspirar.

Métricas desalinhadas

Uma transformação digital bem-sucedida requer alinhamento em métricas-chave, como satisfação do cliente e entrega de valor. Por exemplo, se uma parte da empresa está funcionando bem com o desenvolvimento de produtos, mas não alcançando leads de vendas, existe um problema. É preciso haver métricas nas quais cada parte da empresa possa ver a sua função na cadeia de valor.

Uma abordagem multifacetada

Para uma transformação digital bem-sucedida, as empresas precisam adotar uma abordagem multifacetada.

Avaliar a maturidade digital e identificar as lacunas

As empresas devem encontrar maneiras de traçar sua maturidade organizacional, o que fornecerá orientação sobre onde elas precisam para elevar suas capacidades digitais. Isso significará uma análise de como eles podem impulsionar uma cultura digital, como eles se organizam e criam recursos para isso, e como elas investem e tiram proveito dos insights orientados pelos clientes para direcioná-los para onde precisam ir.

Construa o relacionamento entre negócios e TI para se concentrar nos resultados do cliente

A transformação digital bem-sucedida exige que as empresas obtenham melhorias na experiência do cliente em todos os departamentos. A tecnologia não é do tamanho de uma pessoa – cada empresa precisa encontrar seu próprio caminho para garantir que sua transformação resulte em resultados positivos para o cliente – a métrica principal que pode ajudar a iluminar o caminho.

Plote um roteiro de dois caminhos – ganhos rápidos e investimentos em plataformas

Uma estratégia de transformação digital pode ter dois roteiros – um que segue um caminho de vitórias rápidas e outro que se concentra nos investimentos de plataforma necessários. Ganhos rápidos mostram melhorias que são visíveis para os negócios, benefícios e podem ser entregues rapidamente.

As empresas também gostariam de ver qual direção seguir com uma abordagem de modelo de plataforma – usando grandes redes escalonáveis ​​de usuários e recursos que podem ser acessados ​​sob demanda.

Invista em sistemas centrais com um ROI claro

A transformação digital virá com despesas significativas, por isso é necessário garantir que os investimentos feitos em hardware e software mostrem retorno sobre o investimento: quando se trata de economia de custos e quando se trata de benefícios de produtividade e redução de ineficiências do investimento em novos sistemas.

Texto originalmente escrito por Asavin Wattanajantra.

Fonte:  https://blog.sage.com.br/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here