Home Chicote Adonias chama mulheres ativistas de “madames” e atrai confusão pra si
fullhome_2
fullinterna_1

Adonias chama mulheres ativistas de “madames” e atrai confusão pra si


| Fonte: Da Redação NMT
Vereador sugeriu que há interesse político em meio a causa da Canta Casa e chamou de malandro quem ataca a Câmara. Foto - Reprodução/Assessoria

Membros de um reconhecido grupo de mulheres de Rondonópolis, ativistas por causas de interesses do Município e que agora levantam a bandeira da Santa Casa de Misericórdia da cidade, que ameaça fechar por falta de condições financeiras, foram alvo da fúria do vereador, Adonias Fernandes (MDB), durante a sessão ordinária desta semana, na Câmara Municipal.

O parlamentar não gostou de ouvir críticas públicas à Câmara, incluindo até seu nome, em especial, e partiu para cima do movimento. Em tom pejorativo, chamou as mulheres de “madames”, fazendo referência clara ao fato de que a maioria são pessoas da alta sociedade rondonopolitana. O vereador chamou o grupo de mulheres de “esquisito” e diz que elas estão tentando jogar a população contra os vereadores. Em outro momento, apontou que existem pessoas com interesse político na história.

“”Vêm umas madames, (dizendo que) tem que tirar dinheiro da Câmara para investir na Santa Casa. Isso é lorota e grava bem os nomes que vocês estão vendo aí. Vem eleição. Não sou malandro, não faço nada errado e não vou aceitar malandro se promover em cima da minha pessoa (…) Para dar bronca em mim, a pessoa tem que ter mais moral do que eu”, finalizou, em outro momento.

O vereador ainda alfinetou ressaltando o rombo dentro da unidade em questão e que os parlamentares não possuem condições de fiscalizar o que acontece com o dinheiro dentro da filantrópica. “Colegas vereadores, abram o olho pelo que está acontecendo. O rombo na Santa Casa é de R$ 25 milhões, especialistas estão há oito meses sem receber (…) O que cabe a nós, que é autorizar o Município a realizar os repasses para a unidade quando chega dinheiro do Governo Federal e do Governo do Estado, nós fazemos. Mas nenhum vereador pode fiscalizar as contas lá dentro, então que culpa eu tenho da Santa Casa estar em dívida?”, indagou.

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here