Home Editorias Polícia Adolescente sequestrado em MT é suspeito de matar jovem que morreu após...
fullhome_2

Adolescente sequestrado em MT é suspeito de matar jovem que morreu após 4 dias no hospital


| Fonte: G1
Adolescente sequestrado em MT é suspeito de matar jovem que morreu após 4 dias no hospital
Reprodução

Um adolescente de 17 anos sequestrado por homens encapuzados na quarta-feira (11), em Sorriso, a 420 km de Cuiabá, seria, segundo o delegado André Ribeiro, o principal suspeito de atirar em Matheus Cunha França, de 20 anos, no domingo (8), próximo a uma escola. Matheus morreu nesta quinta-feira (12), após quatro dias no hospital.

Ainda de acordo com o delegado, a polícia investiga a motivação do crime, mas suspeita que os dois jovens tivessem um desentendimento. A polícia continua investigando o caso e buscando pistas que possam levar ao paradeiro do adolescente.

No boletim de ocorrência registrado pela mãe do adolescente, oito pessoas, supostamente armadas e que se identificaram como policiais, invadiram a casa do garoto e o levaram em um carro.

Segundo uma vizinha que teria testemunhado a ação, os suspeitos estavam armados e renderam o adolescente, puxando o menino, de forma violenta, pelas pernas.

A mulher relatou que além do adolescente, uma babá estava na casa e cuidava de um bebê, que é sobrinho do adolescente.

Os criminosos colocaram uma arma no braço e na cabeça do bebê. Em seguida, ordenaram que a babá entrasse em um quarto com o bebê. Na sequência, o adolescente foi colocado em um carro e levado com os suspeitos.

Caso Matheus

De acordo com o boletim de ocorrência, Matheus trafegava em um motocicleta, pela Rua São Francisco de Assis, quando outro motociclista se aproximou e fez disparos contra a vítima.

Uma das balas teria transpassado o capacete e atingido a cabeça de Matheus. Ele foi socorrido e levado para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional, mas morreu nesta quinta-feira, em razão de complicações no cérebro.

Ainda segundo o delegado, tanto Matheus quanto o adolescente têm passagens por outros crimes.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here