Home Chicote REI DA EMENDA: PF aponta Valtenir como líder de esquema de propina
fullhome_2

REI DA EMENDA: PF aponta Valtenir como líder de esquema de propina


| Fonte: Da Redação NMT
Ex-deputado atualmente é suplente. Foto - Arquivo/RepórterMT

O propagado rótulo de “rei das emendas”, quando espalhou para os quatro cantos do estado que era o parlamentar federal da última legislatura que mais acessava recursos em Brasília, na verdade podem esconder uma rede de pagamentos e propinas liderada pelo atual suplente e ex-deputado, Valtenir Pereira (MDB).

A Polícia Federal detectou um possível conluio entre Valtenir, dois ex-prefeitos e empresários numa rede de pagamento de propina. O esquema detectado na segunda fase da Operação Tapiraguaia teria ocorrido em Confresa e Nova Serra Dourada e reúne um total de 12 mandados de busca e apreensões e três prisões. Nas cidades citadas, o valor envolvido seria de R$ 600 mil.

O esquema montada por Valtenir teria gerado “frutos” entre 2014 e 2016, de acordo com análise de dados bancários. O ex-deputado teria destravado recursos e articulado convênios entre os Ministério da Integração Nacional, Secretaria Nacional da Defesa Civil e as prefeituras. A justificativa para acessar o recurso seria a urgência da construção de pontes, devido a enchentes registradas na região.

O modus operandi consistia na execução de licitações fraudulentas, acordo com os “ganhadores” do certame e medições irreais do serviço que era para ter sido efetuado, gerando os pagamentos. As propinas exigidas dos empresários eram então divididas entre os gestores municipais, com a garantia do repasse a Valtenir de sua parte na “herança”, sobretudo por meio de terceiros.

O ex-deputado, conhecido homem das “pastinhas” debaixo do braço, de fato, dificilmente era encontrado no seu gabinete. Corria e ainda corre, em Brasília, o dia todo atrás de recursos e pouco vai até o plenário, por exemplo, fazer discursos ou ações mais institucionais do cargo. Nas ultimas eleições, porém, mesmo com todo este “bom relacionamento” com os prefeitos, não conseguiu convencer o povo de Mato Grosso que deveria estar entre os oito eleitos e sucumbiu no projeto de reeleição.

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here