Home Destaque Justiça manda soltar PMs presos por entrada de freezer com celulares em...
fullhome_2

Justiça manda soltar PMs presos por entrada de freezer com celulares em presídio de Cuiabá


Decisão foi tomada durante sessão da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJMT). Ainda durante a sessão, os desembargadores decidiram remeter o processo à Justiça Militar
| Fonte: G1MT
Foto: Divulgação

A Justiça de Mato Grosso mandou soltar os três policiais militares envolvidos na entrada de um freezer com 86 celulares na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá. A decisão foi tomada durante sessão da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJMT).

A decisão do órgão beneficia o tenente Cleber de Souza Ferreira, o subtenente Ricardo de Souza de Oliveira e o cabo Denizel Moreira dos Santos.

O primeiro militar, porém, deve continuar preso por suspeita de envolvimento em outro esquema.

Ainda durante a sessão, os desembargadores decidiram remeter o processo à Justiça Militar. O caso era julgado pela 7ª Vara Criminal, que investiga casos do crime organizado.

Celulares estavam escondidos em freezer — Foto: Reprodução

Freezer com celulares

O grupo denunciado é investigado na Operação Assepsia, que apura o facilitamento da entrada dos aparelhos dentro da unidade prisional.

De dentro da cadeia, os detentos denunciados gerenciavam as atividades da facção fora da unidade. Para isso, segundo a denúncia, “o aparelho celular é um instrumento de extrema utilidade para um membro de facção preso”.

Os celulares dentro dos presídios são valiosos. De acordo com MP, o aparelho que pode ser comprado normalmente por R$ 700 chega a ser vendido, dentro da cadeia, por R$ 5 mil cada.

“86 celulares e demais apetrechos apreendidos, que podem ter sido adquiridos pelo mercado negro por R$ 40 a R$ 50 mil, seriam transformados em mais de R$ 450 mil”, como diz trecho da denúncia.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here