Home Chicote Pátio pede ajuda de Janaína para amolecer Bezerra
fullhome_2

Pátio pede ajuda de Janaína para amolecer Bezerra


| Fonte: Da Redação NMT
Janaína pode ser o elo para novamente colocar Bezerra e Pátio num mesmo objetivo. Foto - Alair Ribeiro/MidiaNews

O veterano Carlos Bezerra (MDB), cacique partidário dos mais folclóricos da história de Mato Grosso, tem na figura do atual prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio (SDD), a personificação do filho pródigo. Bezerra foi padrinho político do início da carreira do agora gestor, mas sentiu seu coração esfriar e endurecer em relação ao pupilo quando, nas eleições de 2008, Pátio escondeu seu então comandante do palanque, por avaliação que sua presença o desgastaria.

Mesmo que avaliação do prefeito tenha sido certeira, tanto que ganhou aquele pleito, é fato que uma situação desta cria uma ferida que talvez nunca mais cicatrize. O decorrer do mandato, que culminou na cassação de Pátio, em 2012, só fez piorar o ambiente entre criador e criatura. A longa história do atual prefeito no então PMDB acabou e ele então assumiu a condição de líder de si mesmo no SOLIDARIEDADE. Mas o destino é complexo e eis que o horizonte inverte as coisas para 2020.

Pátio vê no apoio do MDB o trunfo primordial de sua reeleição e já escancarou sua cadeira de vice ao partido. A preferência do prefeito é pelo nome do atual presidente da Câmara de Vereadores, Cláudio da Farmácia (MDB), mas o nome do vereador, Adonias Fernandes (MDB), também seria aceito. A manobra teria como principal objetivo frear a aproximação do partido de Bezerra a um bloco de oposição, vindo a criar chances para a candidatura a prefeito do atual deputado estadual, Thiago Silva (MDB).

Como já publicou o NMT, Thiago é a grande ameaça a Pátio. Dentre todos os pré-candidatos ventilados, é talvez o único com força de entrar no eleitorado cativo do político do SOLIDARIEDADE. Sendo assim, a equação de ter o MDB tornou-se primordial na construção da aliança. Pedir perdão a Bezerra poderia ser uma solução, mas como bem se sabe poucas são as chances disso virar atitude real por parte do chefe do Executivo Municipal. Para tanto, a deputada estadual, Janaína Riva (MDB), foi escalada para desatar o nó.

Bezerra gosta muito de Janaína, assim como de seu pai, o ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, José Riva. O veterano do MDB, inclusive, já trouxe a possibilidade da deputada concorrer a prefeita de Cuiabá e afirmou que ela é “mais habilidosa que o pai”. O pai de Janaína, aliás, também tem ótimo relacionamento com Pátio, então o que resta saber é se os amigos em comum conseguirão cumprir a árdua missão, com todo o traquejo que possuem, de colocar frente a frente os dois “bicudos” em uma discussão de projeto eleitoral conjunto.

Jogando contra este planejamento, porém, existe a vontade pessoal de Thiago Silva em concorrer no ano que vem. Com ele também existe um grande prestígio, tanto quanto o de Janaína, com o líder do seu partido. O veterano já profetizou carreira longa para o afilhado mais novo e não perde a oportunidade para cobri-lo de elogios. Por todos ingredientes até agora apresentados, os  bastidores do pleito que ocorrerá daqui pouco mais de um ano provavelmente serão mais definidores que a própria busca de votos, em Rondonópolis.

Pra usar uma frase bem simples de entender: quem quiser ganhar, vai ter que vencer antes de começar disputar.

 

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here