Home Editorias Polícia Mulher presa por matar marido que não permitia namoro da enteada é...
fullhome_2

Mulher presa por matar marido que não permitia namoro da enteada é solta pela Justiça de MT


Kênia Neres Matos, passou por audiência de custódia e foi liberada após alegar legítima defesa. À polícia, ela disse que era ameaçada pelo marido e que a vítima havia abusado das filha delas.

| Fonte: G1
Foto: Polícia Militar de Barra do Garças/Assessoria

Uma mulher de 40 anos foi solta pela Justiça de Mato Grosso depois de matar o marido com um pedaço de madeira em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, no domingo (11). Segundo a Polícia Civil, Kênia Neres Matos, passou por audiência de custódia e foi liberada depois de alegar legítima defesa.

O crime, segundo a polícia, foi cometido durante uma discussão do casal. A vítima, José Carlos Gomes Pereira, de 45 anos, era contrário ao namoro da enteada, de 18 anos.

De acordo com o delegado Nelder Martins, da Polícia Civil, ao ser ouvida, Kênia alegou que era ameaça pelo marido e que o a vítima havia estuprada as filhas durante a infância delas.

A mulher também afirmou que, em outras ocasiões, o marido fez ameaças, prometeu que mataria a família.

Na discussão, a mulher disse que sentiu medo de que o marido cumprisse as ameaças. Os dois brigaram e Kênia agrediu o marido com um pedaço de madeira pelas costas.

Pedaço de madeira, que foi usado no crime, foi apreendido — Foto: Polícia Militar de Barra do Garças/Assessoria

Pedaço de madeira, que foi usado no crime, foi apreendido — Foto: Polícia Militar de Barra do Garças/Assessoria

José foi agredido com golpes de madeira na cabeça. Ele caiu na cama e continuou sendo agredido pela mulher.

Alguns momentos depois, a mulher foi até o vizinho e pediu que ele chamasse a polícia. Uma equipe do Corpo de Bombeiros também foi ao local e viu que a vítima ainda tinha sinais vitais.

Ele não resistiu e morreu durante o socorro. A Polícia Civil e a Perícia Técnica foram chamadas no local. O pedaço de madeira usado no crime foi apreendido.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here