Home Editorias Brasil Fávaro sonha com “gambiarra” jurídica para assumir no Senado
fullhome_2
fullinterna_1

Fávaro sonha com “gambiarra” jurídica para assumir no Senado


| Fonte: Da Redação NMT
Fávaro está aficionado em ficar com lugar de Selma, que ainda terá o processo que pode lhe tirar o cargo analisado pelo TSE. Foto - José Medeiros/SecomMT

O ex-vice-governador de Mato Grosso, Carlos Fávaro (PSD), desde que se tornou cliente de um dos advogados mais renomados do Brasil, o ex-ministro de Dilma Rousseff (PT) e ex-advogado geral da União, José Eduardo Cardozo – talvez um dos homens com mais trânsito nos tribunais em Brasília – simplesmente aboliu qualquer preocupação com a técnica jurídica e crê, firmemente, que a habilidade de improvisos de Cardozo lhe colocará, mesmo que temporariamente, na condição de senador.

O sonho de Fávaro é que assim que o Tribunal Superior Eleitoral – TSE confirmar a queda da atual senadora, Selma Arruda (PSL/MT), no processo que responde por ilicitudes durante sua campanha vitoriosa, em 2018, Cardozo emplacará uma liminar com a tese de que “Mato Grosso não pode sair prejudicado em representação” e dará a Fávaro, terceiro colocado no pleito do ano passado, uma das três vagas do estado no alto parlamento, até que uma nova eleição seja chamada e definido o novo ou nova titular.

A manobra, no entanto, flertaria com o inédito, já que nestas condições o corriqueiro é que a cadeira fique vaga. Ocorre que no pleito extemporâneo em questão, obviamente, Fávaro estará na disputa e crê que suas chances de vitória aumentarão se conseguir estar no cargo, na ocasião. Para tanto, a torcida é que Cardozo consiga fazer “o gol” duvidoso sem precedentes e conte, não só com a vista grossa do juiz, mas que também o “VAR” esteja em manutenção no dia.

rodape_mat
Rodape_Mat2

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here