Home Editorias Polícia Condenado por estuprar e matar menino em 2010 é suspeito de abusar...
fullhome_2

Condenado por estuprar e matar menino em 2010 é suspeito de abusar de detento dentro de presídio


| Fonte: G1
Foto: Secom

Condenado a 35 anos de prisão por estuprar e matar Kayto Guilherme Nascimento Pinto, de 9 anos, em 2009, Edson Alves Delfino, de 39 anos, é suspeito de ter estuprado um outro detento, de 21 anos, na ala evangélica da Penitenciária Central do Estado (PCE) no domingo (28).

Nota encaminhada pela PCE confirma que um boletim de ocorrência foi registrado e que Edson foi encaminhado para a Central de Flagrantes após ser denunciado por um dos pastores da ala.

A Polícia Civil também confirma o registro do boletim de ocorrência com narrativa de estupro ocorrido no interior da unidade prisional (PCE). Na Central de Flagrantes o suspeito foi interrogado e autuado em flagrante por estupro.

O procedimento foi encaminhado para a 3ª Delegacia de Polícia do Coxipó, para continuidade das investigações. Edson Delfino foi remanejado da cela.

Kaytto Guilherme Nascimento Pinto desapareceu no dia 13 de abril de 20140. Ele foi violentado e assassinado em um terreno baldio a 500 metros do Fórum de Cuiabá e o corpo foi encontrado no dia 17 de abril.

Edson foi preso na noite do dia 17 em um ônibus com destino a Campo Grande (MS). Ao ser preso, levou os policiais até o local do crime, onde o corpo havia sido deixado.

À época, ele disse à polícia que já conhecia o garoto, pois trabalhou como servente de pedreiro em uma obra no condomínio onde o menino morava com a família.

Ele disse ainda que chegou a pintar o escritório do pai da vítima.

Edson Delfino disse em depoimento que pegou o menino no ponto de ônibus e disse ao garoto que daria uma carona até o serviço do pai.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here