Home Editorias Brasil Bolsonaro: “Não é desarmando o povo que você vai evitar” ataques
fullhome_2
fullinterna_1

Bolsonaro: “Não é desarmando o povo que você vai evitar” ataques


Após massacres nos EUA, Bolsonaro disse que Brasil é "extremamente desarmado" e, mesmo assim, já sofreu com ataques similares
| Fonte: Metrópoles
RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLES

Após dois ataques a tiros nos Estados Unidos em menos de 24 horas, entre sábado (04/08/2019) e domingo (04/08/2019), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) lamentou os episódios, mas disse que atentados similares não são evitados com o desarmamento. A avaliação ocorreu neste domingo no Palácio da Alvorada, enquanto saía para culto evangélico.

“Lamento, já aconteceu no Brasil também. Lamento. Agora, não é desarmando o povo que você vai evitar isso aí”, afirmou.

Na ocasião, o presidente disse que o Brasil é “extremamente desarmado” e, mesmo assim, fatos similares já aconteceram no país. “O Brasil é, no papel, extremamente desarmado e já aconteceu coisa semelhante aqui no Brasil”, continuou.

Horas depois do ataque na cidade de El Passo, no Texas, que deixou 20 mortos e 26 feridos, outro massacre em massa foi registrado no centro de Dayton, no estado americano de Ohio. A polícia local confirmou ao menos 10 mortos — incluindo o atirador — e 16 feridos.

No distrito de Oregon, um homem abriu fogo fazendo vítimas. A polícia confirmou no Twitter que estava nas proximidades e conseguiu agir rapidamente para conter e matar o suspeito. No começo da manhã deste domingo, as autoridades ainda não sabiam a identidade do autor, nem mesmo a motivação da chacina. O FBI atua no caso.

Segundo o The New York Times, 16 pessoas foram levadas para o hospital Miami Valley, mas não foi dada nenhuma informação sobre o estado de saúde e a situação das vítimas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here