Home Editorias Brasil Acredite, nem todos têm a decência de Lobão…
fullinterna_2

Acredite, nem todos têm a decência de Lobão…


| Fonte: Da Redação NMT
Alinhados políticos até pouco tempo, o músico e o dono da Havan possuem pensamentos diferente sobre o atual Governo, estando o primeiro carregado de bem mais coerência. Foto - Arquivo Pessoal

O músico Lobão, que nos últimos anos protagonizou e pautou, ao lado de outras figuras públicas, discussões que criaram uma das principais forças políticas atuais, chamada por muitos de anti-petismo, acabou contribuindo demais para a eleição do homem que agora preside a República, Jair Bolsonaro (PSL).

Mesmo virando, por algum tempo, Persona non grata da esquerda brasileira, o roqueiro mostrou que, na verdade, faz parte de uma ala crítica bem mais independente e coerente do que se pensava. Lobão, litetalmente, quer muito mais bem o Brasil que defensores de Lula e fanáticos de Bolsonaro.

Crítico ferrenho da corrupção sistêmica dos petistas durante seu tempo de poder, Lobão disparou sobre o que vê nos dias atuais: “eu tinha que optar por alguém e esse alguém foi o Bolsonaro. Mas ele mostrou que não tem a menor capacidade intelectual e emocional para poder gerir o Brasil. Isso está muito claro para mim e fico muito triste. É óbvio que o governo vai ruir”, analisou, classificando tudo como um desastre.

Mas Lobão não é só melhor em coerência que a esquerda, que quer ver o corrupto Lula em liberdade, ou mesmo mais evoluído que a manada que distorce toda incompetência bolsonariana na Globo, na Folha de São Paulo, no Congresso Nacional ou em Glenn Greenwald. Lobão também é melhor que os principais atores de ambos os lados em caráter e Luciano Hang, o “véio da Havan”, apoiador ferrenho do atual Governo, deixou isso claro recentemente.

Com o peso de quem patrocina e ajuda a pagar as contas do SBT, o empresário “sugeriu” de forma pública (imagine a portas fechadas) a demissão da jornalista Rachel Sheherazade, a quem atribui perseguição a Bolsonaro. A não ser que a moça estivesse cometendo um crime contra todo o país – obviamente não está – nada justifica alguém que tem a influência de Luciano se posicionar pela perda do emprego desta profissional (competente). Mas o pior é que muitos o aplaudem por isso.

O mais calmo analista diria que é qualquer coisa de degradante o que vemos acontecer diante dos nossos olhos. E para que este texto não fique plenamente inclinado a santificação de Lobão, o fato de constatarmos que chegamos ao ponto de torná-lo referência comportamental torna-se exatamente o maior sintoma que já estamos bem abaixo do pré-sal quanto a qualidade do debate político atual.

rodape_mat

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here