Home Educação UFMT inaugura Centro de Equoterapia com atendimento gratuito para pessoas carentes em...
fullhome_2

UFMT inaugura Centro de Equoterapia com atendimento gratuito para pessoas carentes em parceria com a PM


| Fonte: Olhar Direto
Foto: Ilustração / Luis Ruas / IG

A Faculdade de Agronomia e Zootecnia (FAZ), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) inaugura nesta sexta-feira (10) um Centro de Equoterapia, com o objetivo de oferecer tratamento terapêutico para a reabilitação de pessoas portadoras de necessidades especiais físicas ou mentais. A inauguração será às 8h no Auditório do Centro Cultural da UFMT.

De acordo com a assessoria, a Equoterapia é uma prática interdisciplinar que busca o desenvolvimento biopsicossocial dos indivíduos a partir da montaria do cavalo e com o acompanhamento de profissionais de diferentes áreas, como fisioterapia e psicologia.

“É possível observar benefícios motores, físicos e psicossociais nos praticantes, uma vez que a equoterapia trabalha o equilíbrio, a postura a cognição e autoconfiança dos mesmos”, explicou a coordenadora do Centro, professora Lisiane Pereira de Jesus.

O tratamento será oferecido de forma gratuita para pessoas que comprovarem vulnerabilidade econômica, e com um preço reduzido para os demais pacientes. Além disso, o Centro servirá como laboratório multiprofissional, recebendo trabalhos de pesquisa e extensão de diversas graduações, como medicina, serviço social, enfermagem, saúde coletiva, zootecnia, veterinária, psicologia e pedagogia.

O Centro conta com uma parceria institucional com o corpo da tropa do Regimento de Policiamento Montado da Polícia Militar de Mato Grosso para auxiliar nos atendimentos. “Esperamos ajudar muitas famílias que precisam da equoterapia como complemento de seu tratamento. Essa é uma atividade que enriquece a tropa e que orgulha seus colaboradores, além de agregar maior reconhecimento da sociedade”, afirma o Major Walmir Barros Rocha. O Centro já teve suas 20 vagas preenchidas e iniciará suas atividades no dia 13 de maio.

“A Polícia Militar, através do regimento de policiamento montado, está fechando esta parceria com a Universidade Federal, pra melhor atender os praticantes, as pessoas mais necessitadas da prática de equoterapia. A PM hoje, através da cavalaria, possui uma estrutura da haras completo aqui na sua unidade, que pode ser empregado pra uma atividade pré esportiva, um local aberto, onde serão realizadas também muitas atividades cívicas, muitas atividades pedagógicas com os praticantes, e a Universidade possui também um pavilhão, que será inaugurado, coberto, com todo controle térmico, uma brinquedoteca, material didático… um picadeiro totalmente adequado, seguro para os praticantes, confortável para acomodar os pais dos praticantes, tem toda uma mão de obra das duas partes. Nós temos uma equipe completa hoje de profissionais de equitação, uma fisioterapeuta, um psicólogo, que forma uma equipe multidisciplinar mínima para prática da equoterapia. E a UFMT também montou uma equipe dessa, e entra também com alunos bolsistas, estagiários, professores, que juntos somarão esforços para desenvolver essa atividade e atender esse público”, afirma a assessoria da PM.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here